quarta-feira, 21 de outubro de 2015


NOTÍCIAS



13/10/2015, 06:00

Mulher é vítima de estupro por homem de moto em TB


 










Mais uma mulher foi vítima de estupro na região. Desta vez, o crime ocorreu no bairro Campestre, em Tubarão, no fim da tarde de sexta-feira.

A vítima, uma mulher de 33 anos, estava nas proximidades da sede do Clube Náutico, perto da ponte do bairro Campestre, quando foi atacada por um homem de cerca de 25 anos em uma motocicleta.
De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o suspeito seria branco e teria aproximadamente 25 anos. No momento do ataque à mulher, ele trajava bermuda rasgada e capa de chuva preta, além de estar pilotando uma motocicleta de cor verde.
Em depoimento à Polícia Militar, a mulher explicou que o homem a atacou e a levou para um terreno baldio, onde a forçou a ter relações sexuais. Posteriormente, fugiu do local. A vítima foi encaminhada à delegacia de polícia para exames de corpo de delito. O crime ocorreu por volta das 17h45.

Condenado por estupro é preso em Tubarão


 
r







 

Créditos: DCFR/DS


Um homem de 57 anos foi preso na tarde de ontem pelos policiais civis da Divisão de Combate a Furtos e Roubos. Ele foi condenado pelo crime de estupro de vulnerável, que foi cometido, segundo a polícia, no ano de 2007. O cumprimento ao mandado se deu no bairro Passagem, em Tubarão.
No momento da prisão o homem estava em sua casa. O mandado de prisão foi expedido pelo Poder Judiciário da Comarca de Tubarão em razão de sentença penal condenatória, a qual decretou a pena de seis anos de reclusão. Após os procedimentos necessários, o condenado foi encaminhado ao Presídio Masculino Regional de Tubarão.

Mulher é agredida a socos por marido


 






 


Uma mulher de 26 anos precisou da ajuda de vizinhos para que não fosse ainda mais agredida pelo marido. Os fatos aconteceram por volta das 23h de segunda-feira, no bairro São Francisco de Assis, em Braço do Norte, quando a vítima foi agredida a socos e empurrões, além de ser sufocada pelo companheiro.
De acordo com a Polícia Militar (PM), a polícia foi acionada com informações de que estava ocorrendo uma briga de casal. Ao se deslocar para o endereço, a polícia confirmou os fatos, mas não encontrou o acusado, um homem de 43 anos, pois ele fugiu minutos antes da chegada da guarnição.
Em contato com a mulher, ela relatou que estava em casa quando o marido chegou e iniciou uma discussão. Em seguida começaram as agressões, sendo que o homem, conforme a vítima, teria também atirado a cabeça dela contra a parede, até que fosse socorrida por vizinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário